Archive for the ‘moda’ Category

Mais cantora que estilista

10/06/06

Só no Rio de Janeiro você pode ir a um desfile de modas e dar de cara com alguém como Nervoso sentado na primeira fila, ao lado dos VIPs habituais do mundinho fashion. Mas o contexto, ali, fazia sentido: era a primeira apresentação oficial das roupas da cantora-estilista Nina Becker.

Nina Becker, foto Charles Naseh

Nina, mais conhecida pela sua participação no combo Orquestra Imperial (ao lado de Thalma de Freitas e outros oitocentos músicos cariocas), convocou a imprensa e convidados, na manhã deste sábado, para um cenário sui generis: o interior do Teatro Dulcina, ambiente escangalhado em plena Cinelândia. 

Inaugurado na década de 30, a casa já foi ícone da modernidade teatral carioca. Hoje, enqüanto espera uma reforma urgente da prefeitura, é um ambiente derretido e caindo aos pedaços, charmoso para quem gosta e cenário ideal para, hm, "eventos alternativos".

Alternativos como Nina, musa ruiva da música fluminense. Dentro da mega-estrutura do Fashion Rio, entre velhos estilistas e marcas bilionárias, ela é um peixe fora d'água. Uma estilista que é cantora que é designer que é cenógrafa. Sua grife é fruto de hobby, que tenta agora arranjar atenção.

A trilha sonora do desfile foi produzida ao vivo, em um dos raros shows solo de Nina. Ela e sua banda, agora batizada de Super Luxo (Gabriel Bubu, Marcelo Callado, Ricardo Dias Gomes e o essencial Nelson Jacobina), tocaram espalhados nos balcões frontais do teatro.

(more…)

Anúncios

Gaiola das loucas

7/06/06

O grande problema de trabalhar cobrindo semanas de moda (como o Fashion Rio, onde estou agora) é que se perde todo o contato com a realidade. O mundo externo não existe.

Em compensação, dá pra aproveitar a oportunidade e fazer o povo prestar atenção em um dos melhores (e mais subestimados) estilistas da nova geração: Melk Zda.

Afinal, Quarto Piso também é crítica de moda.
Hah.

Melk Zda, foto Adelaide Ivánova

Melk Zda – Verão 2007
(publicado originalmente @ Chic)

Entre os estilistas que se apresentam no Fashion Rio, o pernambucano Melk Zda tem o mérito de ser um dos poucos que se preocupa em construir uma identidade própria. Nesse sentido, seu verão pode ser encarado como uma evolução da temporada passada, com suas marcas registradas na passarela. Estão ali as nervuras e os bordados, as sobreposições, as silhuetas elaborada, os detalhes e recortes que gosta de usar. Quando conseguem fugir do branco, os looks são, como sempre, monocromáticos – azuis, verdes, pastel. A única extravagância é a saia com detalhes berrantes, que fica sem se encaixar na coleção. Os vestidões das últimas duas temporadas sumiram, dando lugar a peças mais curtas, godês, com a cintura marcada. Mas mais uma vez, como no inverno, volumes fantasmas sob as saias deformam a silhueta das modelos – continuação do esforço iniciado no inverno por Melk, que gosta tanto de uma roupa estruturada, para produzir uma moda menos colada ao corpo.

Moda de estômago forte

2/06/06

É difícil ver um editorial de moda que fuja do usual, daquele tipo que a foto chama mais atenção que a roupa ou as mamas da modelo. 

Por isso, vale o troféu para a i-D de junho, que chegou ontem às bancas daqui. Tematizada como The horror issue, aproveitando a data sensacionalista do 06/06/06 de terça-feira (o número estampa boa parte das páginas), a revista produziu um editorial misto, com diversos fotógrafos e imagens pretensamente "macabras" – algumas muito boas, outras bem convencionais.

Mas o filé fica para as últimas páginas da série, com cliques de Fabien Baron. Afinal, se é pra exibir um relógio Marc Jacobs ou uma sandália Roger Vivier nesse espírito, nada melhor que um belo membro arrancado.

i-D, foto Fabien Baron

Resultado: editorial de acessórios criativo e nojentamente divertido.

Pra economizar 40 paus, clica aí no link pra ver as outras duas imagens. Ou então compre, que impresso é muito melhor e a revista parece estar bem boa. Não deu tempo de ler ainda.

(more…)