Neo-Folhão

Eu tenho tendência a gostar dos projetos gráficos da Folha. Esse que estreou hoje foi pelo mesmo caminho. À primeira folheada, parece ótimo: bonitão, boa fonte, diagramação de fotos inteligente e páginas mais respiráveis. Grandes defeitos, só com uma análise mais aprofundada. (Tá, lembra a última grande reforma do Estadão, mas não conta pra ninguém)

Já a Folha Online, que também foi reformada, acaba dando dor de cabeça de tanto link na página principal – defeito amaciado nas subs que já aderiram ao novo visual. E eles adotaram features da web 2.0, como o box de notícias mais lidas, coisa que o New York Times já alimentava.

Vale nota também o comercial sobre o projeto, via W Brasil.

E o prêmio de rata do dia vai para a Ilustrada, com sua página dedicada a Neil Gaiman, que nega a existência da tradução de Caroline, livro lançado por aqui há mais de três anos pela Rocco. Isso sem contar, sendo mais cri-cri, a legenda da foto que credita à Morte a direção de sua própria cinebiografia. Heh.

Pronto, taí o primeiro defeito da nova Folha: se as fotos não fossem tão grandes, talvez sobrasse um mísero cantinho para falar mais sobre o novo livro, Os filhos de Anansi.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: